domingo, 23 de agosto de 2015

Corrupção em Bom Jardim: quem cala... (II)

Antonio Pereira e Hildon Rocha: os deputados mais votados em Bom Jardim,
com o apoio da prefeita de Bom Jardim, foragida da Polícia Federal


Sobre a Prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, foragida da Polícia Federal desde a operação "Éden", que investigou o desvio de R$ 300 mil da merenda escolar do município, também nada têm a dizer os deputados estaduais Antonio Pereira (DEM), que teve 2.882 votos na cidade; Sousa Neto (PTN), obteve 2.358 votos; e Edilázio Júnior (PV), com 985 votos. Foram os três deputados estaduais eleitos mais votados no município.

Também naquela de nada a dizer, estão os deputados estaduais do PR Josimar de Maranhãozinho, com 922 votos na cidade, em 2014; Ana do Gás (890 votos), Glauber Cutrim (183 votos) e Júnior Verde (152), os três do PRB; e Fernando Furtado (764 votos) e Othelino Neto (316 votos), ambos do PCdoB.  Os partidos desses deputados - à exceção do PR -  participaram da coligação "A Esperança do Povo", que elegeu Lidiane Leite prefeita, em 2012, com 50,28% dos votos - então filiada ao Partido da República do Brasil (PRB). 

A coligação reuniu PRB, PDT, PPS, PCdoB, DEM, PMN e PTC, cujos deputados na Assembleia Legislativa vão levando o caso no estilo quem cala, consente...