domingo, 23 de agosto de 2015

Na UFMA: Nem Agenda Brasil (de Levy-Renan), nem Agenda Salgada (do reitor Natalino)


Foto: Nova Tribuna


Plenária conjunta de professores, estudantes e técnicos para debater a crise financeira na UFMA. Organizada por APRUMA, DCE e SINTEMA, com a participação de coletivos estudantis como ANEL e Mandacaru, ela foi realizada em 19 de agosto, na área de vivência do campus do Bacanga.

Para sair da crise, o (ainda) reitor Natalino Salgado, propõe uma agenda de cortes que resulta, dentre outras coisas, no fechamento do restaurante universitário, o R.U, mas não corta passagens, nem diárias para viagens...


Comunidade universitária presente à plenária aprovou a organização de um ato-público em defesa da UFMA (data e local ainda serão definidos): contra a agenda Brasil, de Levy-Renan, e contrário à agenda Salgada, do reitor Natalino, da qual se exige transparência não só nas receitas cortadas, mas nos gastos realizados!