sábado, 22 de agosto de 2015

Solidão



SOLIDÃO
Wagner Baldez


Acostumado com tua presença, te aguardei!
Mas a promessa de voltares foi em vão.

Sozinho, então, assisti ao funeral dos meus desejos
Se perder entre restos de ilusão