sábado, 29 de abril de 2017

Artigo Wagner Baldez: UMA CRÍTICA DOSADA NO MOLHO DA VERDADE!



Por Wagner Baldez (*)

Você não me conhece... e eu muito menos a seu respeito!

Nesse particular, você continua a não se interessar pelas condições em que me encontro: não entendendo as razões desse seu esdrúxulo procedimento! Embora sendo o meu sofrimento do conhecimento público.

As chagas verificadas em meu corpo são tantas – em tamanho e profundidade – que comprometem as vidas das pessoas que transitam sobre o espaço que ocupo, mormente os transportes coletivos procedentes do interior da ilha; além dos demais tipos de veículos terrestres...

São esses elementos causadores da minha dramática enfermidade. No entanto, nenhuma providência do Poder Público, que até a presente data não me socorreu! Daí aumentar a deformação do meu perfil visivelmente anfractuoso em toda a extensão! Infelizmente dependo de sua ajuda ou boa vontade política!

Agora chegou a ocasião de identificar-me: faço parte da geografia urbana da nossa capital; tendo por nome Travessa do Mercado Central e apelidada de Praça do Gasômetro, localizada em trecho que gravita na órbita desse edifício (outra vítima da municipalidade!).

Com sua efetiva assistência, você estará não só preservando a sua própria administração como evitará que os endêmicos males de que sofre esta cidade sejam definitivamente normalizados.

Caso resolva me visitar, acredite que até os paralelepípedos lhe aplaudirão!!!



(*) Wagner Baldez - Servidor Público Aposentado, membro do Comitê de Defesa da Ilha, um dos fundadores do Instituto Maria Aragão. Integra a Direção Estadual do PSOL/MA